Daily Calendar

quarta-feira, 8 de julho de 2009

Teste do Pezinho

Pediatria/Criança
Muito além do "Teste do Pezinho"
10/06/2009
Revista Brasileira de Hematologia e Hemoterapia

Resumo

MENDONCA, Ana C. et al. Muito além do "Teste do Pezinho". Rev. Bras. Hematol. Hemoter. [online]. 2009, vol.31, n.2, pp. 88-93. Epub 10-Abr-2009. ISSN 1516-8484. doi: 10.1590/S1516-84842009005000012.

A doença falciforme caracteriza-se por uma alteração genética que resulta na produção da hemoglobina S. A triagem neonatal para a HbS é de fundamental importância para o diagnóstico da anemia falciforme, possibilitando a instituição de tratamento preventivo, no sentido de diminuir a morbidade e mortalidade na infância. Embora o diagnóstico precoce, através do "Teste do Pezinho", esteja ocorrendo praticamente em todo o país, que medidas estão sendo tomadas após a confirmação do diagnóstico? Realizamos um estudo transversal e retrospectivo em 22.785 (96,97%) de 23.497 nascidos vivos que foram submetidos ao exame de triagem neonatal. Todos os exames foram realizados no primeiro mês de vida. Foram diagnosticados quatro recém-nascidos com o padrão HbSS e dois HbSC. A primeira avaliação especializada ocorreu de 2 a 9 meses após o diagnóstico. Em apenas um caso houve a administração adequada das imunizações e da antibioticoterapia profilática. O tempo de realização do teste de triagem e a chegada dos resultados na Unidade coletora da amostra estão geralmente adequados. Levando-se em consideração a necessidade da instituição de um tratamento profilático em um centro especializado, é fundamental elaborar um fluxo que melhor articule todos os atores envolvidos, visando amenizar as prováveis consequências e sequelas desta doença.

Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapia

Nenhum comentário:

Postar um comentário