Daily Calendar

sábado, 1 de outubro de 2011

CORIZA

O gotejamento que incomoda
Pergunta: O que posso fazer em relação à síndrome do gotejamento pós-nasal, que às vezes é uma condição tão séria que faz com que eu tussa, sinta-me sufocado ou vomite?
Resposta: O gotejamento pós-nasal “faz parte do refinado sistema de autodefesa do organismo”, afirma o doutor William Reisacher, professor assistente de otorrinolaringologia do centro médico Weill Cornell do Hospital Presbiteriano de Nova York.
“Não se trata de uma doença, mas de um sinal do corpo de que algo o está irritando”, afirma Reisacher, que é otorrinolaringologista e alergista.
A parte mais importante do tratamento consiste em pedir ajuda a um médico para identificar a causa da irritação, afirma. Ele listou as possíveis causas, que incluem alergias, infecções, mudança climática, medicamentos e até o fato de não beber água em quantidades suficientes.
“O corpo produz cerca de um litro de muco todos os dias. Eles nos ajuda a falar, respirar e engolir”, afirma Reisacher. “Nós geralmente não o percebemos por ele ser aquoso. Porém, quando ele se torna espesso para proteger o corpo, acaba se tornando bastante perceptível e causando desconforto”.
Para ajudar a diluir o muco, ele sugere beber de seis a oito copos de água ao longo do dia e aplicar uma solução nasal salina diversas vezes ao dia.
No inverno, colocar um umidificador no quarto pode ajudar. Os medicamentos para diluir o muco, chamados de mucolíticos ou expectorantes, também podem ser usados temporariamente para ajudar a aliviar esses sintomas, afirma Reisacher.
The New York Times News Service/Syndicate - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito do The New York Times.

Nenhum comentário:

Postar um comentário