Daily Calendar

sábado, 8 de outubro de 2011

COLAR CERVICAL

COLAR CERVICAL RESGATE “RETRÁTIL”

OBSERVAÇÃO IMPORTANTE: Leia as instruções antes de usar. O treinamento do uso deste equipamento deve ser realizado antes da sua utilização no paciente. A aplicação deste produto deve ser realizada por profissionais da saúde, treinados em “cuidados médicos de urgência” e sob a responsabilidade de um médico.

1) A ESCOLHA DO TAMANHO DO COLAR CERVICAL RESGATE
1) MEDIANTE DO TAMANHO NO PACIENTE



É importante o uso do tamanho apropriado. O colar muito pequeno poderá não prover a imobilização suficiente, enquanto o colar muito grande poderá levar a uma hiperextensão cervical no paciente. A escolha do tamanho ideal para o paciente é feita calculando-se a distância entre uma linha imaginária no ombro onde o colar ficará apoiado e a base do queixo.



2) MEDIDA DO TAMANHO NO COLAR



A medida exata do colar é a distância entre o ponto de referência (fixação preta) e a borda inferior do plástico rígido e não até o acolchoado de espuma.




3) MEDIDA DO TAMANHO NO PACIENTE



Quando o paciente se encontra em posição neutra cervical, use seus dedos para visualizar a distância entre o ombro e o queixo.






4) MEDIDA DO TAMANHO NO COLAR





Você pode usar seus dedos para escolher o tamanho do colar cervical mais adequado para o paciente.



2) A MONTAGEM E MODELAGEM DO COLAR
1) COLOQUE O FECHO DENTRO DO ORIFÍCIO





O colar é montado através do movimento do botão fixador em cor preta até o orifício (ponto de referência) na porção superior interna do colar e então ajustando a fixação preta totalmente através do estreito orifício. Pressione firmemente.

2) COMO SEGURAR O COLAR





Antes da utilização do colar cervical Resgate segure-o como demonstra afigura.

3) APLICAÇÕES
1) POSICIONANDO O APOIO MENTONIANO



Com a cabeça do paciente em alinhamento neutro, posicione o apoio mentoniano deslizando o colar para cima do tórax. Tenha certeza de que o mento está bem apoiado pelo suporte mentoniano.

Dificuldade em posicionar o suporte pode indicar a necessidade de um colar menor.


2) FECHAMENTO DO VELCRO E REGULAGEM PARA TRILHOS E PRESO EM BOTÕES




Revise novamente a posição da cabeça do paciente e o colar, certificando que o alinhamento está adequado. Tenha certeza de que o queixo do paciente cobre a fixação central no suporte mentoniano. O colar que possue regulagem em trilhos com botões de um lado e do outro com velcro, até que a abertura apropriado seja obtido. Se necessário, use um colar menor se o aperto estiver difícil, pois poderá levar a uma hiperextensão.

3) Continuação das aplicações
3) PACIENTE EM POSIÇÃO SUPINA

Se o paciente estiver deitado, comece colocando a posição posterior do colar atrás do pescoço do paciente. Certifique se a fivela de velcro não está dobrada, evitando assim problemas ao prender a fivela.





4) UTILIZAÇÃO ALTERNATIVA EM POSIÇÃO SUPINA


Uma alternativa é começar pelo posicionamento do apoio mentoniano e então deslizar a porção posterior do colar atrás do pescoço do paciente.






4) AJUSTE FINAL E DESMONTAGEM DO COLAR
1) AJUSTE FINAL DO COLAR





Uma vez posicionado mantenha o colar no lugar segurando o orifício cervical central como mostra a figura acima. Você pode evitar torções cervicais usando o orifício central como “ponto fixo” enquanto prende e ajusta a fita de velcro e regulagem em trilhos com botões.


2) DESMONTAGEM DO COLAR





O colar cervical Resgate pode ser desmontado através da retirada da fixação preta do orifício do ponto de referência.



DESCRIÇÃO TÉCNICA:
Confeccionado em polietileno de alta densidade - PEAD de 1,0 a 1,5 mm nos tamanhos BB (Neo), Pediátrico e PP. Já os tamanhos Médio, Grande e GG são de 1,5 a 2 mm revestido com espuma macia E.V.A. em cores.

É revestido com espuma macia tipo EVA (Etil Vinil Acetado) especial. Em um dos lados fecho com velcro de 05 mm. Padrão de cores universal. Do outro lado, abertura especial com regulagem através de trilho e preso em botões, para aumento ou redução do diâmetro do colar. Fecho em velcro de 2,5 mm. Possui, também, botão “cor preta”, na área articulada que identifica sua montagem, bem como o tamanho do colar, usando, também a forma universal de medidas nos dedos.

Na parte posterior (nuca), possuem 02 aberturas para palpação e ventilação da nuca.

Na parte da frente, possue abertura que permite a palpação do pulso carotídeo e acesso a traquéia.









DIMENSÕES APROXIMADAS: 

ITEM
TAMANHO
COR DO VELCRO
CIRCUNFER.
ALTURA ANTERIOR
ALTURA POSTERIOR
ABERTURA FRONTAL
1
BB (Neo)
Rosa
30 a 45 cm
5,7 cm
12,0 cm
2,5 x 4,5 cm
2
Pediátrico
Azul Claro
30 a 45 cm
7,6 cm
12,7 cm
3,5 x 5,5 cm
3
PP
Lilás
40 a 56 cm
8,8 cm
13,3 cm
3,5 x 5,5 cm
4
Pequeno
Azul royal
40 a 56 cm
10,1 cm
13,3 cm
4,5 x 8,5 cm
5
Médio
Laranja
40 a 56 cm
12,0 cm
14,0 cm
5,0 x 10,0 cm
6
Grande
Verde
40 a 56 cm
14,0 cm
14,0 cm
7,5 x 10,0 cm
7
GG
Branco
56 a 61 cm
17,0 cm
17,0 cm
8,5 x 12,0 cm
Fonte: site marimar

Nenhum comentário:

Postar um comentário